Crescimento de Bolsonaro nas pesquisas assusta, e PT vai antecipar campanha de Lula

 


A recente melhora no desempenho do presidente Jair Bolsonaro (PL) nas pesquisas de intenção de voto causou apreensão no núcleo de decisões do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que deverá apressar sua apresentação formal como pré-candidato petista ao Palácio do Planalto para o início de abril.

O que mais assusta os petistas é a diminuição da distância entre Lula e o atual presidente. Duas pesquisas divulgadas nesta semana captaram essa tendência.

Na consulta do instituto Paraná Pesquisas, Lula manteve a liderança tanto na consulta espontânea quanto na estimulada, mas o jogo apertou. No cenário estimulado, Bolsonaro ficou oito pontos percentuais atrás do petista. Lula marcou 38,9% e Bolsonaro 30,9%.

Essa distância já foi maior. Em fevereiro, era de 11 pontos percentuais, de acordo com o levantamento do mesmo instituto, e reforçava o favoritismo de Lula, indicando, inclusive, a possibilidade de vitória do petista no 1º turno. Lula teve 40,1% dos votos, seguido por Jair Bolsonaro, com 29,1%.


Comentários

Postagens mais visitadas