Caern vai instalar e substituir hidrômetros em 5 cidades do RN entre elas Jucurutu

 

Em este mes, a Caern instala novos hidrômetros e faz troca dos antigos nas cidades de Natal, Parnamirim, Mossoró, Macau e Areia Branca. O serviço não tem custo para o cliente. O funcionamento de hidrômetros é importante para garantir a cobrança justa de água, combater o desperdício e melhorar distribuição.

Esse ano, as cidades de Goianinha, São Paulo do Potengi, Poço Branco, Guamaré, Alto do Rodrigues, Jardim de Piranhas, Parelhas e Jucurutu também vão receber o serviço. 

Conforme a Lei 11.445, previsto também em resolução da Agência Reguladora de Serviços Públicos (Arsep/RN) e Agência Reguladora de Serviços de Saneamento Básico do Município de Natal (Arsban), o corte ocorrerá para os que se negarem a receber o hidrômetro. No caso de negativa em aceitar o equipamento, será entregue o comunicado dando um prazo de cinco dias, após esse prazo a equipe da Caern retorna ao imóvel, caso haja negativa novamente, a água será cortada. 

Em 2021, a Caern substituiu e instalou mais de 20 mil hidrômetros nas cidades de Assú, Baraúna, Cruzeta, Currais Novos, João Câmara, Macaíba, Macau, Mossoró,  Nova Cruz, Parnamirim, Pau dos Ferros, São José do Mipibu e Tenente Ananias. Essas cidades também terão continuidade do trabalho ao longo de 2022.

Georadar

Os georadares, equipamentos adquiridos pela Caern, no ano passado vem auxiliando no trabalho de instalação de novos hidrômetros nas cidades. Conhecido como radar de superfície, o equipamento detecta vários tipos de tubulação, cabos ou estruturas enterradas até oito metros de profundidade, sem a necessidade de escavação. Em locais como o centro das cidades, o uso do georadar é fundamental para evitar interdição de vias e transtornos ao trânsito.

Comentários

Postagens mais visitadas