Juiz manda prender Henrique Alves por não pagar pensão alimentícia

Juiz manda prender henrique alves por não pagar pensão alimentícia 

O juiz Marco Aurélio Paioletti Martins Costa, da 2ª Vara da Família e Sucessões do Foro Central Cível, de São Paulo, decretou a prisão, no prazo de 30 dias, do ex-deputado federal Henrique Eduardo Alves. O mandado de prisão foi expedido, no último dia 23, por falta de pagamento de pensão alimentícia no valor de quase 1 milhão de reais.

Em 15 de setembro passado, a justiça de São Paulo já havia determinado que o ex-deputado pagasse, num prazo de três dias, os valores referentes às pensões alimentícias do filho caçula, que o pai não cumpria há quatro anos.

Henrique Alves, que foi ministro do Turismo e presidente da Câmara dos Deputados, por meio de nota, disse: “Não foi hoje que recebi a informação de um mandado de prisão judicial proferido numa ação, por pretensa falta de pagamento de pensão alimentícia a Pedro Henrique Alves, de 20 anos. Faz seis dias e até agora não recebi qualquer intimação. Estou tranquilo e com a consciência em paz que a Justiça de Deus e dos homens será feita. Esse despautério promovido por Pedro Henrique e sua mãe de quem me divorciei – de forma consensual – há mais de 11 anos, deixando mais de 50% de meu patrimônio na época, não pode prosperar. Pelo simples fato de que não tenho como pagar uma pensão de quase R$ 50 mil reais por mês.”

 

Comentários

Postagens mais visitadas