Repórter da Record vira réu em outra acusação de importunação sexual

 

O repórter Gerson de Souza, de 62 anos, se tornou réu em mais uma acusação de importunação sexual contra uma colega de trabalho do “Domingo Espetacular”, da Record TV. A informação é de Rogério Gentile, colunista do Uol.

Em agosto de 2020, Gerson de Souza foi denunciado pelo Ministério Público por importunação sexual contra quatro mulheres , mas apenas uma acusação tinha sido aceita pela Justiça. Todavia, em nova decisão, o tribunal de São Paulo concordou que o repórter também responderá criminalmente pela acusação realizada por um produtora do “Domingo Espetacular”, além da primeira já aceita.

Comentários

Postagens mais visitadas