Doses da CoronaVac suspensas pela Anvisa serão substituídas pelo Butantan

 

O governo de São Paulo determinou hoje que o Instituto Butantan substitua os lotes de CoronaVac interditados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Segundo o governador João Doria (PSDB), 6,9 milhões de doses já serão entregues amanhã.

No último dia 4, a agência suspendeu a distribuição de 25 lotes da vacina por não ter inspecionado a fábrica da Sinovac na China em que as doses foram envasadas. No total, a decisão afetou 21 milhões de doses, sendo que 12 milhões já haviam sido enviados ao Ministério da Saúde e outras 9 milhões estavam em processo de envio.

Comentários

Postagens mais visitadas