Com 30% da frota no RN, Natal tem um veículo para cada dois habitantes

Trânsito na BR-101, em Natal. (Arquivo) — Foto: Norton Rafael/Inter TV Cabugi 

O número de veículos registrados no Departamento de Trânsito do Rio Grande do Norte (Detran) não para de crescer. Em agosto de 2014, o órgão anunciou que o estado havia chegado à frota de 1 milhão de carros, motos e outros veículos em circulação. Sete anos depois, o número cresceu mais de 40%. Já são 1.419.534 - 94,5%, particulares.

Segundo levantamento do G1, somente a capital potiguar é responsável por 30% da frota estadual. Em Natal, há um veículo para cada dois habitantes.

O levantamento levou em consideração os dados atualizados "em tempo real" pelo setor de Estatística do Detran, com todos os tipos de veículos, e a estimativa da população da cidade, feita pelo IBGE. São 429.279 veículos para um total de 896.708 habitantes.

Quando se considera o Rio Grande do Norte como um todo, a proporção é maior. É de um carro ou moto para cada 2,5 habitantes.

O engenheiro civil e professor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Rubens Ramos, considerou o aumento do número de veículos algo positivo. Ele argumenta que a compra de mais carros e motos representaria o aumento da riqueza na sociedade.

Por outro lado, o especialista disse o que o problema surge, na mobilidade urbana, quando as pessoas usam o carro próprio para "movimentos repetitivos da semana, todos indo para o mesmo lugar ou trecho", o que poderia ser feito com o transporte público.

 

Comentários

Postagens mais visitadas