Após derramamento de produtos químicos, análise do rio Pium deve ser finalizada até dia 16

Idema acompanha efeitos do derramamento de produtos químicos em parnamirim 

Após uma carreta tombar e causar vazamento de produtos químicos – principalmente o hidrossulfito de Sódio – no dia 4 de setembro na RN-313, foi recolhido material para análise da água do Rio Pium, em Parnamirim – para onde parte do ácido teria escoado depois do acidente.

O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema) informou que as amostras coletadas seguem em análise no laboratório da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn), com previsão de ser finalizada até o próximo dia 16.

Durante o acidente, parte do carregamento da substância hidrossulfito de sódio vazou e teria atingido o rio Pium, causando preocupação de autoridades do meio ambiente e da saúde. O diretor-geral do Idema, Leon Aguiar, recomendou que a população evite tomar banho, pescar e realizar outras atividades no rio até a conclusão sobre a análise feita no local.

A carreta que tombou foi retirada da via no fim da tarde da última terça-feira 7. De acordo com o motorista, houve uma falha mecânica quando ele subia a ladeira da RN-313, e para evitar que o caminhão atingisse outros veículos, resolveu travar o veículo em “L”, mas o veículo tombou. O condutor não teve ferimentos.

 

Comentários

Postagens mais visitadas