Mulher é presa suspeita de envolvimento no assassinato da irmã por herança de R$ 2 milhões, em Natal

Uma mulher foi presa nesta terça-feira (17) suspeita de envolvimento na execução da irmã, a comerciante Poliana Nataluska, de 22 anos. O crime aconteceu em maio deste ano na loja da vítima, em Nossa Senhora da Apresentação.

Outras duas pessoas também foram presas nesta terça, dentre elas, o cunhado da vítima e um policial militar. As prisões foram conduzidas pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

De acordo com a Polícia Civil, as investigações apontam que os três são os autores intelectuais do homicídio que teria sido motivado por uma disputa por uma herança de R$ 2 milhões.

Comentários

Postagens mais visitadas