Mulher é assassinada no interior do RN um mês depois do pai e três meses depois do irmão

Uma mulher identificada como Laura Carmen foi morta a tiros na manhã desta segunda-feira (2) no centro comercial de Governador Dix-Sept Rosado, município da região Oeste Potiguar, a 320 quilômetros de Natal. Segundo testemunhas, o crime aconteceu dentro de uma ótica.

A morte da jovem acontece um mês depois de o pai dela, Luiz Lucas Neto, de 60 anos de idade, também ser morto a tiros na cidade. O crime aconteceu no dia 3 de julho, um sábado. A equipe de perícia criminal identificou no corpo do homem marcas de disparos de pistola .40 e de escopeta calibre 12. No local, havia muitas capsulas compatíveis com as armas usadas pelos criminosos.

Em abril, a família já tinha sido vítima de outro crime. William Lucas, de 39 anos, irmão de Laura Carmen, foi morto a tiros também na cidade. O crime aconteceu no dia 11 de abril, um domingo, em um terreno baldio ao lado da casa dos avós da vítima.

Segundo testemunhas, William estava vendendo milho assado na avenida principal da cidade quando parou e sentou para beber com amigos e familiares. Um homem não identificado chegou em uma moto, desceu do veículo e se aproximou da vítima e começou a atirar em sua direção.

Willian Lucas foi atingido com vários tiros de pistola .40 e morreu na hora. A perícia criminal contabilizou 17 perfurações de entradas e saídas no corpo da vítima, principalmente na cabeça.

Até o momento, não se sabe qual teria sido a motivação para o crime. A polícia ainda desconhece o autor dos disparos, que fugiu após o crime efetuando tiros aleatoriamente. Um carro que estava nas proximidades foi atingido pelos disparos.

A família informou à Polícia Civil que William tinha tido participação em um crime de homicídio alguns anos antes e que chegou a ser preso, mas foi julgado e absolvido.

Os três crimes estão sendo investigados pela Polícia Civil.

Focoelho.

Comentários

Postagens mais visitadas