ENTREVISTA: GOVERNADOR DO RS TEM CERTEZA DA VITÓRIA DE LULA


O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, 36 anos, pretende se candidatar à Presidência da República. Antes, tem que passar pelas prévias do PSDB, que estão marcadas para novembro. Até o momento também concorrem nas prévias tucanas o governador de São Paulo, João Doria, o senador Tasso Jereissati (CE) e o ex-senador Arthur Virgílio (AM). “Vou trabalhar tudo o que posso para evitar o segundo turno [na eleição presidencial com Lula e Bolsonaro] e tenho confiança de que encontraremos a população — no seu sentimento, na sua mente e no seus coração — com essa mesma vontade”, afirma Eduardo Leite. “Lula não vai curar as feridas deixadas por Bolsonaro”, acrescenta. O governador do Rio Grande do Sul há pouco mais de uma semana disse em uma entrevista que é gay. Agora nega cálculo eleitoral no anúncio, mas sim a intenção de demonstrar que não tem o que esconder. Ele aponta também, nesta entrevista, que há elementos para abrir um processo de impeachment contra o presidente Bolsonaro.

Comentários

Postagens mais visitadas