Investimento federal no ramal Apodi/Mossoró será de quase R$ 1 bilhão


O presidente Jair Bolsonaro e o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, assinaram nesta quinta-feira (24) a Ordem de Serviço para início da construção do Ramal do Apodi, no Rio Grande do Norte. A cerimônia ocorreu em Pau dos Ferros (RN).

Jair Bolsonaro também anunciou R$ 38 milhões para as obras da barragem de Oiticica, no município de Jucurutu, no Seridó do Rio Grande do Norte. VEJA AQUI

O Ramal do Apodi vai levar as águas do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco a 54 municípios nos estados do Rio Grande do Norte (32), Paraíba (13) e Ceará (9), beneficiando 750 mil pessoas. O investimento federal no empreendimento é de R$ 938,5 milhões.

"Sou de uma região onde não falta água, mas consigo entender o quanto é valoroso esse bem para vocês aqui da região", afirmou o presidente Jair Bolsonaro.

A destinação de água do Projeto São Francisco à Bacia do Apodi está prevista desde o ano de 2004, quando foi elaborado o Relatório de Impacto Ambiental (Rima) do empreendimento. Mas apenas neste ano o projeto saiu do papel.

"O presidente está realizando um sonho, está abraçando de verdade o Nordeste brasileiro. Esse é o maior investimento já feito no Rio Grande do Norte em toda a sua história", ressaltou o ministro Rogério Marinho. "Essa obra vai beneficiar especialmente a região oeste do estado e quem mora aqui sabe a dificuldade que é viver sem água. A água é vida. E, por ser vida, o presidente abraça o Nordeste e nos emancipa e nos liberta, nos dando de verdade um futuro", completou o ministro.

Sobre o Ramal

As águas do São Francisco serão transportadas a partir da estrutura de controle do Reservatório Caiçara, na Paraíba, até o Reservatório Angicos, já no Rio Grande do Norte. A vazão será de 40 m³ por segundo até o quilômetro 26, de onde deriva o Ramal do Salgado, que levará as águas para o estado do Ceará em intervenção futura.

Após essa derivação, a vazão será de 20 m³ por segundo. Toda a infraestrutura contará ainda com três áreas de controle, 23 trechos de canais, com extensão de 96,7 quilômetros, sete aquedutos, oito rápidos e um túnel.

O Rio Grande do Norte será o estado com a maior quantidade de municípios beneficiados pelas águas do Rio São Francisco transportadas pelo Ramal do Apodi: são 32 cidades, com população estimada em 478 mil pessoas. A porta de entrada será Major Sales, de onde segue para o Rio Apodi, que banha Mossoró, segundo maior município do estado e importante polo regional do Nordeste.

Barragem Poço de Varas
Também nesta quinta-feira, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) assinou a Ordem de Serviço para a revisão do Projeto Executivo da Barragem Poço de Varas (Rio Encanto), localizada no município de Coronel João Pessoa, também no Rio Grande do Norte.

O projeto original foi elaborado pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) em 2011 e precisa passar por atualização do levantamento cadastral e estudos ambientais. O investimento federal nesta primeira etapa será de R$ 1,07 milhão.

A barragem vai beneficiar 42,4 mil pessoas com abastecimento de água, além de contribuir com pequena irrigação, piscicultura e lazer. Os municípios atendidos pelo empreendimento serão Venha Ver, São Miguel, Encanto, Doutor Severiano e Coronel João Pessoa. O barramento terá capacidade de acumular 25,8 milhões de m³ de água.

Comentários

Postagens mais visitadas