Com 94,3% dos leitos ocupados, RN tem 25 pessoas na fila e 23 vagas disponíveis

Nesta quinta-feira (10), o Rio Grande do Norte estava com 25 pacientes esperando por um leito crítico e 23 vagas disponíveis em toda a rede estadual que recebe pessoas com covid-19. Os dados constavam na plataforma Regula RN, por volta das 11h50 da manhã.

Dos pacientes em espera, 12 estavam na Central de Regulação Metropolitana, que engloba os municípios das regionais de saúde de São José de Mipibu (1ª), João Câmara (3ª), Caicó (4ª), Santa Cruz (5ª) e Metropolitana (7ª). Os outros 13 eram da Central Oeste, que cobre os municípios das regiões de Mossoró (2ª), Pau dos Ferros (6ª) e Açu (8ª).

No geral, a ocupação de leitos no Rio Grande do Norte era de 94,3%. No Oeste Potiguar, 96,2% dos leitos estavam sendo utilizados. Já na Região Metropolitana de Natal, a taxa era de 94,5%. O índice menos delicado era o do Seridó, com 87,5% de ocupação.

Dos 26 hospitais que recebem pacientes com covid-19, 16 estavam operando com 100% da capacidade. Os outros estavam com ocupações que variavam entre 98%, no caso do Hospital São Luiz (Mossoró) e o Hospital Maria Alice Fernandes (Natal).

No momento, o RN conta com 418 leitos críticos instalados. Desses, 378 estavam ocupados e 17 bloqueados, além dos 23 disponíveis. Em relação aos leitos clínicos, o estado tem 439 vagas, sendo 261 ocupadas, 28 bloqueadas e 150 disponíveis para receber os pacientes.

Mudança em 10 dias

No último dia 31 de maio, uma segunda-feira, o Rio Grande do Norte começou a semana com uma situação bem crítica. À época, eram 99 pacientes esperando por uma vaga, mas apenas sete leitos estavam disponíveis.

Segundo o Regula RN, na manhã do dia 31, a taxa de ocupação de leitos era de 98,2% em todo o estado. No Oeste, a ocupação estava em 100%. Na Metropolitana, 97,6% dos leitos estavam sendo utilizados. Já no Seridó, a ocupação era de 97,5%.

 

Comentários

Postagens mais visitadas