ABASTECIMENTO DE COMBUSTÍVEIS DA FROTA DE VEÍCULOS DA PREFEITURA DE PARAÚ, SERÃO POR CARTÃO MAGNETICO


A operação denominada Sujeito Oculto, deflagrada pelo Ministério Público no dia 05 de Maio de 2021, na sede da prefeitura de Paraú, cumprindo mandados de busca e apreensão, em prédios públicos e prendendo  Vicente Eufrásio e Antônio Leodécio, por serem apontados como responsáveis por desvio de dinheiro em combustíveis. O caso repercutiu todo o Rio Grande do Norte. Antônio Leodécio, está solto, após passar alguns dias presos por força de mandado de prisão, e Vicente Eufrásio, marido da prefeita, permanece preso e já teve habeas corpus negado por desembargadores.

A prefeita da cidade, contratou por R$ 17.400 reais, a empresa Dunas Assessoria e Consultoria LTDA, sob inscrição no CNPJ 30.248.766/0001-50, para gerenciamento de controle com auto gestão de frota para abastecimento via cartão magnético ou similar de todos os tipos de combustíveis no município de Paraú. Contudo, o contrato já deveria ter sido feito desde 2018, que evitaria acontecer o desmando praticado pelos investigados à frente do gerenciamento de combustíveis no município, pagando com o erário público, conta alheia.

Com o contrato, o município terá um controle mais preciso dos gastos com combustíveis, e evita de falcatrua aconteça como foi registrado e constatado por documentos apurados e apreendidos pelo Ministério Público, quando se fala em combustíveis.

ASSÚ Notícia 

Comentários

Postagens mais visitadas