RN ultrapassa 5 GW de capacidade de produção de energia eólica

 

O Rio Grande do Norte ultrapassou a marca de 5 GW de capacidade de produção de energia eólica, gerada pela força dos ventos, em maio. O número representa cerca de 27,5% da capacidade de produção dessa “energia limpa” no país.

O estado segue como líder nacional na produção da energia renovável, contando com 177 parques em operação, 52 em construção e 64 já contratados. Somados todos os projetos, são 9,6 GW de potência, segundo os dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Considerando todas as fontes energéticas, a energia eólica representa 88% da produção no estado, que há anos se tornou exportador de energia, ou seja, consome menos do que produz. No Brasil, essa matriz energética representa apenas 13,6% da produção.

Capacidade dos maiores produtores de energia eólica

Rio Grande do Norte – 5 GW
Bahia – 4,9 GW
Ceará – 2,39 GW
Piauí – 2,35 GW
Rio Grande do Sul – 1,8 GW

A costa potiguar também é destino cada vez maior de empresas que também querem produzir energia em alto mar. De acordo com Hugo Fonseca, coordenador de desenvolvimento energético da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Energético, pelo menos quatro projetos aguardam licenciamento do Ibama.

“Apenas dois desses projetos teriam o dobro da capacidade de produção que o estado todo tem hoje, com a produção em terra, ou seja, 10 GW”, afirmou. Apesar disso, ele afirmou não pode revelar as empresas interessadas.

Comentários

Postagens mais visitadas