Ex-presidiário é assassinado dentro ambulância enquanto era transferido de Areia Branca para o Hospital em Mossoró


O ex-presidiário Antônio José Juvita de Medeiros, o " Dudé" de 40 anos de idade, foi morto a tiros, na manhã deste domingo 16 de maio de 2021, na cidade de Areia Branca, na região da Costa Branca Potiguar.

De acordo com informações colhidas pela reportagem, junto a Polícia Militar daquela cidade, a vítima, foi baleada inicialmente, na Rua Dom Bosco no Bairro Somoban, onde morava e socorrido para o Hospital Hospital Sarah Kubitschek.

Quando ele era transferido por uma ambulância para o Hospital Tarcísio Maia em Mossoró, os inimigos retornaram e novamente atiraram contra a vítima que já estava dentro da ambulância. Antônio Carlos Juvita, ainda chegou a ser retirado do veículo e encaminhado de volta ao hospital da cidade, porém não resistiu e foi a óbito naquela unidade hospitalar.

O capitão Júlio Cesar, comandando da PM em Areia Branca, informou que a Polícia Militar, não foi solicita para escoltar a ambulância até a Mossoró, o que segundo ele, facilitou uma nova investida dos criminosos.

Dudé, como era mais conhecido esteve preso na Cadeia Publica de Mossoró, respondendo processo por tráfico de droga (artigo 33) e havia deixado a unidade em dezembro de 2020, através de alvará de soltura expedido pela justiça.

Até o momento não há informações sobre motivação e autoria do crime. O corpo do ex-presidiário será encaminhado por uma funerária, para o ITEP de Mossoró onde será examinado e depois liberado para os familiares. O caso será investigado pela Polícia Civil da cidade, sob o comando da Dra. Christiane Magalhães. (fimdalinha).

Comentários

Postagens mais visitadas