Ministro Rogério Marinho anuncia investimentos de R$ 51 milhões para obras hídricas no RN; Acari será cidade da moda

 Rogério no Seridó 1

O Governo Federal vai investir R$ 51 milhões para garantir a segurança hídrica no Rio Grande do Norte. O aporte foi anunciado nesta quinta-feira (3) pelo ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, que visitou as barragens Oiticica, em Jucurutu, e Passagem das Traíras, em Jardim do Seridó.

A maior parte dos recursos será voltada a Oiticica, que receberá R$ 40 milhões do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) para a continuidade do empreendimento. Toda a obra está orçada em R$ 547,9 milhões, sendo R$ 530,9 milhões em recursos da Pasta. Desse total, R$ 483,3 milhões já foram repassados pela União – sendo R$ 231 milhões desde janeiro de 2019 e R$ 130 milhões apenas este ano. O Governo do Rio Grande do Norte, responsável pela execução do empreendimento, arca com R$ 19 milhões em contrapartidas.

Na parte da manhã, Rogério Marinho assinou a ordem de serviço para o início da segunda etapa das obras de recuperação da Barragem Passagem das Traíras, que começarão na segunda-feira (7). As intervenções serão executadas pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) e receberão investimento federal de R$ 11 milhões. Até o momento, o Governo Federal já investiu R$ 552 mil para a recuperação emergencial do talude e a garantia da sua segurança estrutural.

Já no município de Acari, Rogério Marinho participou do lançamento da pedra fundamental do Centro de Produção e Eventos – Cidade da Moda. O empreendimento vai receber aportes federais de R$ 19,7 milhões, dos quais R$ 957 mil já foram repassados para a elaboração do projeto técnico. A prefeitura local dará contrapartida de R$ 50 mil. A previsão é que o empreendimento beneficie 3 mil pessoas diretamente.

Os investimentos para a Cidade da Moda são fruto de emenda parlamentar feito pelo ministro Rogério Marinho quando era deputado federal. O espaço será um centro de educação, produção, comercialização e eventos da indústria de vestuário da região.

Comentários

Postagens mais visitadas