Caso Zaira: Processo aguarda por decisão de pronúncia; Advogada pediu a liberdade do réu

O processo do Caso Zaira Cruz, ainda está pendente de decisão de pronúncia após realização da audiência de instrução realizada no último dia 2 de dezembro. É que o juiz do processo, Luiz Cândido de Andrade Villaça, aguarda manifestação do Ministério Público, sobre o pedido de liberdade que foi feito pela advogada de Pedro Inácio de Maria, acusado de ter matado a jovem, em Caicó. Ele está preso na sede do Comando Geral da PM, em Natal, desde o dia 15 de março de 2019.

Outro pedido feito pela advogada, Andrea Oliveira, no dia da audiência, foi o de reconsideração da negativa de se fazer a exumação do corpo da universitária Zaira Cruz. O juiz, Luiz Cândido, já tinha negado tal pleito feito pela defesa do réu. Ele ainda não se manifestou nesse sentido quanto ao segundo pedido.

Quando o processo voltar do MP, o juiz deve se manifestar sobre todos os pedidos em uma única decisão.

Se o Ministério Público não se manifestar até esta sexta-feira (18), então, só poderá fazê-lo após o recesso do judiciário que vai de 20 de dezembro de 2020 à 06 de janeiro de 2021.

 

Comentários

Postagens mais visitadas