quarta-feira, 12 de agosto de 2020

Violência doméstica cresce 169% no RN durante isolamento

Denúncias apontam escalada da violência contra mulheres no país | VEJA
A violência doméstica cresceu 169,2% ao longo da quarentena imposta pelo novo coronavírus no Rio Grande do Norte. O número consta num estudo assinado pelo Observatório da Violência Letal e Intencional do RN (OBVIO-RN) que aponta, ainda, que as tentativas de homicídio subiram 159,1% entre os dias 12 de março e 4 de agosto deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado.

Conforme o estudo, em números absolutos, os registros de violência doméstica saíram de 552 registros em 2019 para 1.586 casos este ano.
As tentativas de homicídios saltaram de 22 registros para 57 no mesmo intervalo de tempo analisado. 

O levantamento, intitulado “Impacto da Pandemia de Covid-19 na criminalidade e na Violência do Rio Grande do Norte” analisou 11 tipos de crime no Estado entre os dias acima detalhados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário