segunda-feira, 27 de julho de 2020

Mossoró inicia semana com 15 leitos de UTI vagos e taxa de ocupação de 76%

Mossoró iniciou esta segunda-feira, 27, com taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na casa dos 76% e com 15 leitos vagos no Hospital de Campanha São Luiz (HCLS) e no Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM). A informação consta no Regula RN, plataforma que acompanha a situação de leitos críticos e clínicos do Sistema Único de Saúde (SUS) no Rio Grande do Norte.

De acordo com a ferramenta, até às 11h30 o HCSL tinha 29 dos 40 leitos críticos ocupados. A taxa de ocupação naquele momento era de 72,50%. Já o HRTM estava com ocupação em 80%. Eram 16 leitos ocupados e 04 vagos.
Já em relação a Região Oeste, a taxa de ocupação era de 74,29%. O oeste potiguar estava com 18 leitos críticos (15 em Mossoró e 03 em Pau dos Ferros) e 16 leitos clínicos disponíveis. Ainda segundo o sistema, a região não tinha nenhum paciente com perfil d eleito crítico ou de leito clínico na fila de espera até aquele momento.
A Central de Regulação do Oeste é responsável pela regulação dos leitos das seguintes regiões de saúde: 2ª Mossoró, 6ª Pau dos Ferros e 8ª Açu.

BOLETIM

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) divulgou no último sábado, 25, o boletim epidemiológico nº 122 com dados sobre o novo coronavírus dos 167 municípios do Rio Grande do Norte.
De acordo com o balanço, Mossoró chegou a 4.700 casos confirmados e 173 óbitos provocados pela Covid-19. São 2.930 casos suspeitos e 4.966 descartados. A cidade tem 12 óbitos sendo investigados e já descartou 38 para a Covid-19.

Nenhum comentário:

Postar um comentário