terça-feira, 9 de abril de 2019

Carnaval movimentou R$ 71,5 milhões e atraiu 600 mil pessoas a Natal em 2019, diz pesquisa

Shows movimentam polos de carnaval em Natal — Foto: Prefeitura de Natal/Divulgação
O Carnaval de Natal movimentou mais de R$ 71,5 milhões em 2019 - valor que representa um aumento de 16,42% em relação ao mesmo período do ano passado, quando circularam R$ 61,4 milhões na capital potiguar. Os dados são de uma pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Comércio da Fecomércio RN, que foi apresentada nesta segunda-feira (8).  Ao todo, quase 600 mil pessoas participaram das festividades, que tiveram investimento público de R$ 6 milhões. Pelo menos 21,6% dos espectadores eram turistas. 

De acordo com os dados da na pesquisa, cada folião local gastou em média R$ 68,56 por dia. Em 2018, o valor calculado tinha sido de R$ 65,17. Já os gastos individuais dos turistas foram estimados em R$ 120,64 em 2019, contra R$ 118,73 em 2018.  Este é o quinto ano consecutivo em que o IPDC da Fecomércio realiza a pesquisa. Os questionários foram aplicados em 800 foliões e 300 comerciantes, entre os dias 15 de fevereiro e 5 de março, nos seis polos onde houve programação, inclusive nas prévias.  

Entre os nativos nas festas, 70,4% eram natalenses. Os demais norte-riograndenses que participaram da festa vieram de Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Mossoró, Macaíba, Monte Alegre, Bom Jesus, Ceará Mirim, Currais Novos, Nova Cruz, Macau, entre outros municípios.  Já os turistas que visitaram o Carnaval de Natal vieram principalmente de Pernambuco (8%). Este número, inclusive, no ano passado era de 4,4%. Os outros vieram de São Paulo (3,2%); Rio de Janeiro (1,9%); Ceará (1,6%); Paraíba (1,5%); Bahia (1,4%); Minas Gerais (0,6%); Rio Grande do Sul (1,3%); Distrito Federal (1,1%); Sergipe (0,5%) e Alagoas (0,4%).  Na divisão por segmento, os percentuais de gastos individuais diários dos foliões locais foram direcionados para alimentação/bebidas (55,3%); transporte (16,5%); diversão (10,2%) e compras (18%). Já entre os turistas, o gasto médio individual diário foi de R$ 120,64, gastos com alimentação/bebidas (53,9%); transporte local (11,9%); diversão (13,8%); e compras (20,3%).

Nenhum comentário:

Postar um comentário