quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

Roubo de carros cai 28% em janeiro na Grande Natal

Carros na BR-101, em Natal — Foto: Igor Jácome/G1
Os registros de roubos de carros tiveram queda de 28% em janeiro, no Rio Grande do Norte, na comparação com o janeiro do ano passado. Os dados são da Secretaria Estadual de Segurança. Foram 465 casos agora, contra a soma de 649 no período anterior. A média caiu de 20 roubos por dia para 15.

Para o secretário de Segurança do Estado, coronel Francisco Araújo, a redução é resultado de ações integradas entre as polícias. "Temos ações integradas das instituições de segurança pública e uma maior ostensividade do efetivo da Polícia Militar. Então, com operações policiais tipo barreira policial, barreira de trânsito, essa ostensividade colaborou com a redução desses índices", considerou.
Mesmo com a queda, os casos continuam a acontecer e assustam a população. Nesta quarta-feira (6), uma das vítimas foi um homem que estava com uma criança nos braços, em uma rua do bairro Lagoa Nova, Zona Sul, quando os bandidos chegaram e anunciaram o assalto.

Três criminosos participaram da ação. Antes de fugirem no carro da vítima, um deles ainda voltou e revistou mais uma vez o homem, que ficou na calçada, sem relação.

O consultor em segurança, Ricardo Roland, diz que não existe uma fórmula para evitar roubo de carro, mas aponta atitudes que podem ser mudadas para reduzir os riscos.

"Numa situação de roubo, não reagir, porque você não tem capacidade de reação dentro do veículo. Você parou no sinal, você fez compras lá no shopping, ai está cheio de bolsas no banco. O criminoso vem de moto, parou, olhou, ele vai te abordar. O ideal é a mudança de hábitos. Como é que você chega em casa? Você tem a mesma rotina, faz o mesmo itinerário? Tem que sempre estar olhando os três pontos, que são os retrovisores, os dois externos e um interno, sempre observar as pessoas que estão em volta, ou próximo do trabalho, ou próximo da residência. Se são as mesmas pessoas, se tem o hábito de de ver aquela pessoa lá. Observação. você vai ter que mudar os hábitos. Essa é a realidade na qual nós vivemos", afirma. 

O aposentado Valdi Carvalho nunca teve seu veículo roubado e afirma que tem algumas precauções. "Tomo muito cuidado, sempre observando se tem algo suspeito na rua. E, se evidentemente vier a ocorrer, tem que ter tranquilidade, não reagir, deixar acontecer", comenta. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário