quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

RN tem o 5º menor efetivo de policiais civis, aponta levantamento


O Rio Grande do Norte tem o 5º menor efetivo de policiais civis, de acordo com a Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol).

Atualmente com apenas 1.398 agentes, o estado potiguar perde apenas para Ceará, Maranhão, Pará e Paraná.

Há dez anos não ocorre concurso público para a Polícia Civil. A população do RN é de 3.479.010, o que deixa o Estado com uma proporção de um policial para cada 2.485 habitantes.

Em 2010 foi instituído, através da Lei Complementar 417/2010, que o efetivo policial civil necessário ao Rio Grande do Norte deveria ser de 5.150 policiais.

“A Polícia Civil do RN não possui um sistema informatizado que possa garantir otimização do efetivo e uma melhor eficiência na resolução dos crimes.

A falta de sistemas informatizados adequados também gera uma subnotificação dos crimes, ausência de informação sobre a criminalidade em diversas áreas e ausência de compartilhamento de informações entre as forças de segurança no estado”, lamentou Arruda.

Para o presidente do Sinpol-RN, o salário em início de carreira de agentes e escrivães (R$ 3.755,48), “é um dos piores do Brasil”.


Agora RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário