quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

“Nossa gestão não se afastará dos princípios da administração pública”, diz Fátima

A governadora Fátima Bezerra (PT) rebateu as críticas de parlamentares da oposição ao seu governo de que teria cometido improbidade administrativa ou desrespeitado questões relativas a impessoalidade, isonomia e legalidade envolvendo o pagamento dos servidores.

“Nossa gestão não vai se afastar nunca dos princípios da administração pública: a impessoalidade, a legalidade, a eficiência, a moralidade e a publicidade. Teremos sempre diálogo e transparência”, disse 

Fátima Bezerra nesta terça-feira (13), durante reunião com juízes federais da 5° região.
A governadora destacou também a importância do Fórum dos servidores, como um “espaço que pode criar convergências dentro de divergências” e aproveitou para citar duas ações emblemáticas que estão no âmbito federal: complementação do Fundeb, onde o RN pode obter cerca de R$ 1,5 bilhão destinados para a educação, e a cessão onerosa, que trata dos recursos provenientes dos royalties. “Nós também estamos cobrando do Governo Federal passos concretos sobre a Segurança Pública”, disse a Governadora.
 
As críticas endereçadas a governadora Fátima Bezerra partiram principalmente de dois deputados. José Dias (PSDB) afirmou que a gestora havia praticado improbidade administrativa ao antecipar salários dos servidores e ignorar os atrasados. Kelps Lima (SD) disse que a petista estava desrespeitando princípios da impessoalidade, isonomia e da ordem cronológica, o que motivou o parlamentar inclusive a buscar a Justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário