terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Ministério da Saúde orienta a população a se vacinar para se proteger contra doenças

Muitas doenças comuns no Brasil e no mundo deixaram de ser um problema de saúde pública após a vacinação massiva da população. Poliomielite, sarampo, rubéola, tétano e coqueluche são só alguns exemplos de doenças comuns no passado e que as novas gerações só ouvem falar em histórias.
O Ministério da Saúde garante que a vacinação é segura, sendo que seu resultado não se resume a evitar doenças. Vacinas salvam vidas. A recomendação é: não dê ouvidos às notícias falsas e vacine-se.

Por isso, o ministério da saúde orienta a população brasileira a buscar as vacinas disponíveis nas salas de vacinação disponíveis de graça em todo o país. São 300 milhões de doses das vacinas incluídas no Calendário Nacional de Vacinação.

O Ministério da Saúde alerta a população a continuar se vacinando para não deixar que doenças já erradicadas no Brasil voltem a assombrar as nossas crianças e lembra que a saúde não é uma responsabilidade exclusiva do Ministério da Saúde, das secretarias, dos profissionais e dos médicos. É de todos nós. Mantenham o cartão de vacinas atualizado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário