quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

Engenheiro alerta para preocupação com barragem de Umari, na região Oeste potiguar.

Após o desastre de Mariana e recentemente em Brumadinho, em que se estima que o crime vitimou mais de 100 pessoas, isso nos faz pensar – pra evitar que mais vidas sejam dizimadas – de como anda a situação estrutural de nossas barragens. O Engenheiro Agrônomo Ferrari Oliveira, então, alerta para a situação da Barragem de Umari, no município de Upanema, na região Oeste do Rio Grande do Norte, distante 268 km de Natal.

“Enquanto vereador solicitei do IGARN que fizesse uma inspeção e avaliasse as condições da Barragem de Umari. Ocorre que até o momento não foi feito nada por aquele órgão. Então hoje decidi ir até a Barragem, acompanhado do técnico em construção civil Vieira, conhecido na cidade e um dos responsáveis pelo projeto de execução da obra.

Infelizmente pessoal, a situação merece um pouco de nossa atenção. De cerca de 130 drenos instalados no reservatório para compensar e distribuir o peso da água, pelo menos, segundo informou Vieira, mais da metade estão entupidos, isto é, sem funcionar.

As canaletas do reservatório precisam passar por processo de limpeza. Não estou querendo causar alvoroço na população com essa informação. Como disse acima, a situação, pelo que ouvi do profissional, merece nossa atenção e cuidado mas não chega a ser preocupante. Esta tem o propósito de pressionar o IGARN e demais órgãos estaduais para que o mais rápido possível realizem a inspeção e execute os serviços necessários (por exemplo, o desentupimento dos drenos, limpeza das canaletas e outros que entender pertinente) na Barragem de Umari.

Nesta semana irei procurar o Ministério Público, para que também cobre informações e diligências dos órgãos públicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário