quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Dupla confessa morte de motorista de aplicativo e adolescente também é apreendido na Grande Natal

Dois homens, de 18 e 21 anos, confessaram em audiência de custódia que mataram o motorista de aplicativo Gilberto Bezerra de Souza, de 70 anos, que estava desaparecido desde o sábado (29), em Natal.

O corpo dele foi encontrado na manhã desta segunda-feira (31) no município de Senador Elói de Souza, a 60 quilômetros da capital, e identificado pelo Itep. Outro suspeito, um adolescente de 15 anos, foi apreendido no final da tarde na Grande Natal.

Os dois suspeitos presos - um deles, soldado do Exército - foram detidos na noite de domingo (30), por outro motivo. Eles solicitaram um táxi e, enquanto estavam no carro, levantaram suspeitas do taxista.

Ao passar por uma base policial, a vítima jogou o veículo na contramão com a intenção de chamar a atenção da polícia. Após a abordagem, a polícia encontrou mensagens, áudios e vídeos, em um aparelho celular, que ligavam os dois ao assassinato do motorista, que até então estava desparecido.
Durante a tarde desta segunda, eles confessaram o crime ao juiz, na audiência de custódia, e tiveram a prisão preventiva determinada. 

O terceiro suspeito, um adolescente de 15 anos, foi apreendido ainda durante a tarde, no bairro Golandim, em São Gonçalo do Amarante, região metropolitana da capital. 

Segundo a polícia, ele estava escondido na casa de uma tia.
Os suspeitos pegaram o carro no bairro de Igapó, na Zona Norte, para uma viagem até o município de Macaíba, na Grande Natal. 

À Polícia Civil, os suspeitos disseram que a intenção era cometer um assalto.
Após o assassinato, eles fizeram fotos e vídeos no carro da vítima no momento em que retornavam para Natal.

G1 RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário