quinta-feira, 1 de novembro de 2018

RN tem a sexta maior taxa de mortes não naturais entre homens de 15 a 24 anos

Em dez anos, o número de óbitos por causas externas (não naturais) de homens entre 15 e 24 anos aumentou no Rio Grande do Norte, aponta pesquisa Estatísticas do Registro Civil 2017, divulgada nesta quarta-feira, 31, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no Rio de Janeiro.

De acordo com o estudo, entre 2007 e 2017, o estado teve índice de 113,1%.
Os estados do Norte e Nordeste mostraram os maiores aumentos, com destaque para Ceará (144,1%), Sergipe (134,7%), Bahia (128,5%), Acre (121,8%), Tocantins (114,7%) e Piauí (111,8%).

Por outro lado, houve quedas significativas no Paraná (-43,2%), Distrito Federal (-35%), São Paulo (-30,9%), Espírito Santo (-25,9%), Mato Grosso do Sul (-23,5%), Rio de Janeiro (-20,9%) e Rondônia (-19,3%).

Nenhum comentário:

Postar um comentário