terça-feira, 1 de maio de 2018

Vigilante é preso após tentar roubar carro, atirar em PMs e ameaçar matar a própria mãe na Zona Norte de Natal

Após se entregar, a PM descobriu que o homem possui curso e carteira de vigilante (Foto: PM/Divulgação)
Um vigilante foi preso na manhã desta terça-feira (1º) após tentar roubar um carro, atirar contra policiais militares e ainda ameaçar matar a própria mãe. O fato aconteceu na Zona Norte de Natal. Ninguém ficou ferido.
Segundo a assessoria de comunicação da PM, o vigilante estava com uma pistola que pertence a um guarda municipal. “A arma foi apreendida e o guarda deve responder por ter deixado a arma de fogo em poder de uma outra pessoa”, afirmou o tenente-coronel Eduardo Franco.
Ainda de acordo com o oficial, uma equipe de patrulhamento do 4º Batalhão foi chamada à avenida Bacharel Tomaz Landim, uma das mais movimentadas da região, porque um homem havia feito disparos de arma de fogo em via pública ao tentar roubar um carro.
“Quando a equipe chegou ao local, o homem começou a atirar contra os policiais, que revidaram. Então ele correu para dentro de casa e fez a própria mãe refém, ameaçando atirar na cabeça dela. Houve uma negociação e o homem acabou se entregando”, acrescentou Franco.
Após se entregar, a PM descobriu que o homem possui curso e carteira de vigilante. Ele foi preso e encaminhado para a Delegacia de Plantão da Zona Norte.
Ainda não há informações sobre o que teria levado o vigilante a fazer os disparos no meio da rua.

G1 RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário