domingo, 11 de março de 2018

Presa de justiça é morta no Boa Vista; este é o 56º crime violento do ano em Mossoró

A violência descontrolada faz mais uma vítima em Mossoró, a segunda maior cidade do Rio Grande do Norte, que chega a 56 homicídios já nesse ano de 2018.
A vítima Adriana Bento da Silva, natural de São Miguel/RN, de 38 anos, foi morta a tiros na tarde deste sábado, 10 de março, no bairro Boa Vista, em Mossoró.
Segundo informações da Polícia Militar, que esteve no local fazendo o isolamento, a vítima foi morta na calçada de uma casa na Rua Severino Praxedes Sobrinho.
Dois indivíduos numa motocicleta se aproximaram de Adriana e anunciaram um assalto, e atiraram na vítima que morreu no local, mas nada foi levado pelos criminosos.
Adriana esteve presa no regime fechado da Penitenciária Agrícola Mário Negócio (PAMN), por tráfico de drogas, mas desde de outubro de 2016, que ela estava no regime aberto.
A Polícia não tem informações sobre a motivação do crime e a identidade dos suspeitos. Segundo o perito criminal, Renildo Marcelino, a vítima foi atingida com três disparos, possivelmente de revólver.
O corpo foi removido pelo Instituto Técnico e Científico de Perícia (ITEP), para a sede do órgão, onde será necropsiado e liberado para sepultamento.
Familiares relataram a Polícia, que Adriana teve um filho morto no ano passado dentro de uma ambulância em Baraúna, ele estava sendo socorrido para Mossoró após ser baleado num atentado, quando criminosos interceptaram a ambulância e terminaram de matá-lo.
A Polícia Civil esteve no local colhendo informações, para iniciar as investigações.

Por Mossoró 190

Nenhum comentário:

Postar um comentário