quarta-feira, 7 de março de 2018

Acusado de matar comerciante e ferir PM a tiros é condenado a 8 anos em Mossoró

O Tribunal do Júri Popular condenou Leandro Silva de Abreu, de 22 anos, a 8 anos e 4 meses no regime semiaberto sob a acusação dele ter matado a tiros o comerciante Francisco Mendes de Almeida Júnior e tentado matar o PM Jocildo Fábio, em setembro de 2016, durante uma carreata política no bairro Belo Horizonte, em Mossoró.
O julgamento aconteceu nesta terça-feira, 6, no Fórum Municipal de Mossoró. A sessão foi presidida pelo juiz Vagnos Kelly Figueiredo de Medeiros. O promotor de Justiça Hermínio Perez representou o Ministério Público Estado. A defesa ficou com o defensor público Daniel Melo da Fonseca.
O crime
O acusado fugiu do local do crime, mas terminou preso tempos depois, em operação da Polícia Militar. Na ocasião, reagiu sendo necessário os policiais atirarem nele para capturá-lo. Este julgamento é o primeiro de uma sequência de 31 agendados pela justiça estadual, nesta primeira convocação do Tribunal do Júri Popular de 2018.

Texto: Cezar Alves / Foto: Francileno Góis

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário