terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Morte de gestante está sendo investigada pela Polícia Civil

A morte da gestante Thais Araújo, que morreu durante o parto de seu filho no município de Currais Novos terá seu caso investigado pela Polícia Civil. O motivo é a suspeita de negligência médica segundo o delegado responsável pelo inquérito.
As investigações se iniciaram nesta segunda-feira (22) e terá a duração deum mês. O filho da gestante, João Gabryel, deverá receber alta médica nesta terça-feira (23). Segundo informações de familiares, Thais Araújo deu entrada diversas vezes durante a semana se queixando de perda de líquido amniótico.
Mas a cada ida ela recebia soro e era encaminhada para sua residência. Após insistir foi informada que iria para o Hospital Regional de Santa Cruz para realizar o parto, pois o hospital de Currais Novos estava sem anestesista, porém o encaminhamento não foi autorizado e a mulher voltou para casa.
Já no sábado (22) pela manhã ela retornou a unidade e mais uma vez foi para o soro e foi informada que o parto seria realizado na segunda-feira (22). No entanto, no período da tarde, ela sentiu fortes dores e retornou a unidade e a noite realizou o procedimento, mas não resistiu.
Sesap se pronuncia sobre o caso
A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) informou que está apurando os fatos e que após a entrega do resultado da autopsia para avaliar a situação do Hospital e tomar as devidas providências. Após a denúncia dos familiares e a abertura do inquérito policial, a equipe médica e os parentes da jovem serão ouvidos na Delegacia de Currais Novos. O prontuário da paciente e o laudo com a causa da morte já foram solicitados pelo delegado Paulo dos Santos Ferreira.

Por Geraldo Miranda

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário