segunda-feira, 10 de julho de 2017

Criminosos se passam por policiais e matam homem que usava tornozeleira eletrônica na Grande Natal

Criminosos se passam por policiais e matam homem que usava tornozeleira eletrônica na Grande Natal
Um homem que cumpria pena no regime semiaberto foi morto com um tiro, dentro de casa, na madrugada desta segunda-feira (10), em São Gonçalo do Amarante, região metropolitana de Natal. Os criminosos se passaram por policiais, de acordo com testemunhas. A vítima é o terceiro irmão assassinado na família. A mãe presenciou o crime.
Francimário Paulino Dantas, 37 anos, dormia em casa, com a mãe, na rua Jorge Amado, conjunto Plaza Garden, Bairro Jardins. De acordo com a Polícia Militar, por volta das 4h40, três homens encapuzados chegaram ao local e arrombaram o portão. Eles afirmavam que eram policiais.
Ao abrir a janela do quarto, Francimário foi baleado no rosto. Segundo uma tia dele, que não quis se identificar, a mãe implorou pela vida do filho.””Era preso, mas não merecia isso, morrer dessa forma”, disse.
Os homens ainda invadiram a casa e reviraram vários objetos no quarto de Francimário. Eles tinham armas longas.
A vítima respondia à Justiça por homicídio e usava tornozeleira eletrônica há um ano.
Até as 10h desta segunda (10), a equipe do Instituto Técnico de Perícia do Rio Grande do Norte (Itep) ainda não havia chegado ao local para coletar o corpo e informações que possam ajudar nas investigações.

VIA G1/RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário