quinta-feira, 22 de junho de 2017

Amigos são mais importantes para saúde e bem-estar que família, diz estudo

Amigos são mais importantes para saúde e bem-estar que família, diz estudo
Um novo estudo feito na Universidade do Estado de Michigan aponta que, ao longo da vida, ter amigos é mais importante e determinante para saúde e bem-estar que estar cercado de familiares.
Pesquisas envolvendo 280 mil pessoas mostrou o poder da “família que a gente escolhe”. O primeiro estudo analisou informações sobre os relacionamentos e as condições de saúde de 271053 pessoas em 100 países. O segundo, abordou dados de uma outra pesquisa sobre relacionamentos e doenças crônicas com 7481 adultos norte-americanos.
A primeira pesquisa apontou que tanto familiares quanto amigos estavam ligados a melhoras na saúde e na felicidade dos entrevistados, mas somente as amizades mostravam ligação determinante nos mesmos quesitos em idades mais avançadas.
O segundo estudo mostrou que entre os doentes crônicos, quando a fonte de apoio eram amigos, os participantes se consideravam pessoas mais felizes.
Segundo o estudioso Wiliam Chopik, a própria natureza dos relacionamentos ao longo dos anos muda. Família e maus amigos são afastados, enquanto as amizades que fazem bem tendem a durar mais tempo e construir novos círculos é uma experiência possível em qualquer período da vida e frequentemente redescoberta em idades mais avançadas.
Já a família, com laços mais estáticos e, muitas vezes, tóxicos ou monótonos, trazem menos benefícios.

VIA UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário