quinta-feira, 3 de novembro de 2016

‘Calcinhas multicamadas’ devem derrotar o absorvente e transformar a vida da mulher

Agrawal, 37 anos, é a cofundadora e executiva-chefe da Thinx, uma empresa que vende calcinhas multicamadas, antimicrobianas e à prova de vazamentos. A empreendedora social, como ela mesma se denomina, faz parte de uma onda cada vez maior de mulheres de negócios que estão se valendo de novas tecnologias e das mudanças de atitudes para abalar o mercado de US$ 19 bilhões da higiene feminina.
“Estou usando um dos nossos protótipos”, ela diz. A calcinha é preta e lisa – o tipo que você reserva para ocasiões especiais. E também absorve até cinco colheres de chá de sangue. “É libertador”, diz ela. “Depois que você se liberta da sujeira, das frustrações e das manchas, fica mais fácil falar sobre isso – sobre sua menstruação”, afirma Agrawal.

Alternativa

O primeiro absorvente comercial chegou à nação em 1896, com a Johnson & Johnson anunciando as toalhinhas sanitárias feitas em algodão. Quase quatro décadas depois, um médico do Colorado chamado Earle Haas patenteou o que viria a ser o absorvente interno moderno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário